Escolha uma Página

Nós costumamos dizer que o Blanc Hospital é a “casa do cirurgião”, e isso não é à toa. Nossa trajetória é marcada pelo fato de sermos um hospital feito de médicos para médicos, o que contribui para que entendamos muito bem as principais necessidades da rotina de um médico cirurgião. Dessa forma, adotamos a desospitalização como modelo e pilar fundamental de nosso hospital.

Neste post, convidamos você a entender um pouco melhor sobre como a desospitalização afeta positivamente a vida do nosso corpo clínico.

Entendendo a desospitalização

Antes de mais nada, é preciso entender o que, de fato, é a desospitalização. Trata-se de um modelo de gestão que surgiu nos Estados Unidos com o objetivo de fazer com que os hospitais percam aquele aspecto hospitalar tradicional — no que tange suas características negativas, que são associadas a doenças e morte —, passando a espaços agradáveis e, principalmente, mais confortáveis.

Com esse princípio em mente, projetamos o Blanc, que é um dos primeiros hospitais do Brasil a adotar a filosofia da desospitalização. Nosso objetivo com isso é tornar todo o processo de estadia no hospital mais confortável para todos os nossos públicos — corpo clínico, pacientes e familiares.

Como a desospitalização afeta de forma positiva nossos médicos

A união das características da desospitalização aliadas ao fato de o Blanc ser um hospital especializado em cirurgias proporciona ao nosso corpo clínico um tratamento diferenciado.

A pesada rotina de um médico cirurgião é compreendida e traduzida em uma infraestrutura feita para lhe proporcionar momentos de descanso e relaxamento, antes, depois e entre as cirurgias, sempre pensando em como tornar a passagem pelo hospital confortável.

Para tal, desenvolvemos uma sala de médicos VIP, com mobiliário planejado e serviço de catering e mordomo — trazendo um verdadeiro serviço de hotelaria, inédito no estado. O serviço de buffet para médicos, assim como o cardápio do hospital, foi desenvolvido em parceria com nutricionistas e com a renomada Chef Juliana.

Além disso, áreas como living, espaço gourmet e espaço fitness também estão à disposição de nosso corpo clínico.

Todas essas características trazidas pela desospitalização garantem que os profissionais do nosso corpo clínico possam ter uma experiência inédita e extremamente positiva em nosso hospital. Assim, com bem-estar e energias restauradas, os cirurgiões podem atender seus pacientes com o cuidado e dedicação necessários para garantir uma cirurgia segura para cada um de seus pacientes.

É médico-cirurgião e gostaria de fazer parte do nosso corpo clínico? Entre em contato!