Escolha uma Página

No mundo dos esportes de alta performance é muito comum atletas sofrerem com lesões, afinal, as articulações e a musculatura são extremamente exigidas durante as atividades esportivas. Nesse contexto, a medicina sempre procura solucionar com eficiência e segurança os diversos problemas ortopédicos de jogadores de futebol, tenistas, maratonistas, entre outros atletas.

Assim, a medicina regenerativa ganhou muito destaque nos últimos anos, justamente por recuperar diversos atletas de alto nível de graves lesões, problemas que a ortopedia tradicional já não tinha recursos técnicos para resolver. No entanto, esse tipo de tratamento, embora seja cada vez mais necessário e utilizado no mundo dos esportes, também pode ser um excelente aliado contra lesões e dores crônicas de pacientes que não são atletas. 

Pensando nisso, neste artigo, nós, do Blanc Hospital, vamos apresentar a você tudo sobre a medicina regenerativa e como o tratamento transforma a qualidade de vida dos pacientes. Contamos com a colaboração do Dr. Felipe Carvalho, ortopedista, membro do Comitê Científico do Blanc Hospital e sócio da Ortho Bio Tech Global (OBTG), a maior empresa de tecnologia médica aplicada ao esporte do mundo, para esclarecer todos os detalhes sobre a medicina regenerativa. Confira! 

 

Qual é o objetivo da medicina regenerativa? 

A medicina regenerativa é um tratamento médico que auxilia a ortopedia, cujo objetivo é regenerar o ambiente articular, utilizando medula óssea e células de gordura do próprio paciente. A técnica ajuda em quadros de lesões nos tendões e nos músculos, artrose, dores crônicas, entre outros. 

Além disso, explica o Dr. Felipe Carvalho, a medicina regenerativa é um excelente advento para as dores ortopédicas de maneira geral. “Inclusive as dores crônicas, como lombalgias e cervicalgias. Também é importante ressaltar que o tratamento não é só para os atletas. A medicina regenerativa serve para todos os pacientes”, esclarece o médico.

A medicina regenerativa, portanto, age na melhora do ambiente articular. Em doenças degenerativas e inflamatórias, como a artrose, por exemplo, o tratamento com a medula óssea e as células de gordura é capaz de recuperar a articulação a partir da melhora da dor, do controle inflamatório e da otimização geral do ambiente articular.

Outro ponto importante trazido pelo Dr. Felipe Carvalho diz respeito ao processo multidisciplinar que envolve a total recuperação de um paciente, ou seja, é necessária uma série de fatores para a melhora dos quadros clínicos. “A medicina regenerativa consegue equalizar muito a articulação, porém, o ambiente extra-articular e o muscular também dependem da fisioterapia e do empenho dos pacientes”, constata o ortopedista. 

 

Mais sobre: http://blanchospital.com.br/blog/medicina-regenerativa-no-tratamento-de-atletas/

 

Como o paciente pode procurar o tratamento? 

Para ter os benefícios da medicina regenerativa e melhorar a qualidade de vida, o paciente pode buscar um médico ortopedista e traumatologista que seja especialista na área. Assim, o profissional de saúde examina o paciente, analisa os exames disponíveis e, então, se for ajudar no caso, propõe o tratamento. 

Na minha experiência, eu nunca tive um paciente que a medicina regenerativa não tenha ajudado. A gente precisa entender o seguinte: o tratamento é o todo, não é simplesmente uma articulação ou um músculo dolorido. Afinal, nós alteramos a alimentação do paciente e o estilo de vida dele, devolvendo a qualidade de vida para essa pessoa”, pontua o Dr. Carvalho

 

Momento ideal para procurar a medicina regenerativa 

De acordo com o Dr. Felipe Carvalho, o melhor momento para buscar o tratamento da medicina regenerativa é justamente no início dos quadros de dor. “Como em qualquer outra situação da vida, se conseguirmos combater em um primeiro momento, nós encontraremos mais opções de recursos para enfrentar o problema. Com a medicina regenerativa não é diferente”, relata. 

Além disso, o médico explica sobre a possibilidade de diminuir substancialmente as dores do paciente, devolvendo qualidade de vida a ele. Para o Dr. Carvalho, a melhor opção é sempre buscar tratamento logo no início de um quadro de dor, pois a medicina regenerativa é a alternativa mais eficiente para quem busca melhorar as dores articulares e musculares.

Além de contar com a experiência e a expertise de profissionais qualificados como o Dr. Felipe Carvalho, o Blanc Hospital dispõe de uma infraestrutura completa e moderna para a realização de procedimentos de baixa, média e alta complexidade, sem abandonar todo o conforto e a segurança. 

O Blanc Hospital proporciona uma experiência única em diversas especialidades médicas, promovendo bem-estar aos pacientes. Quer saber mais? Acompanhe o blog do Blanc e fique por dentro de mais conteúdos sobre saúde, cirurgia plástica e qualidade de vida!