Escolha uma Página

A Dor Lombar Crônica é, sem dúvida, uma das maiores causas de incapacidade física no mundo. Desencadeada, principalmente, por doenças degenerativas da coluna vertebral, o problema, além de prejudicar a locomoção e o trabalho dos pacientes, também afeta o bem-estar e a qualidade de vida.

As doenças degenerativas podem ser desenvolvidas por uma série de razões, relacionadas muitas vezes à idade avançada, ao estilo de vida, à má postura e ao sedentarismo do paciente. Além disso, com o aumento da expectativa de vida no Brasil, há uma tendência do aumento das ocorrências desse tipo de problema.

Nesse contexto, o Dr. Edilson Machado, ortopedista que atua no Centro Blanc de Dor e Cirurgia da Coluna, está conduzindo, atualmente, um estudo multicêntrico sobre o uso da terapia biológica em pacientes com Dor Lombar Crônica. Os estudos visam a promover, por meio do uso de Plasma Rico em Plaquetas (PRP), um tratamento eficaz e ágil no combate à Dor Lombar Crônica, promovendo melhor qualidade de vida aos pacientes. 

Neste post, portanto, nós, do Blanc Hospital, vamos trazer mais detalhes sobre a pesquisa e como ela pode trazer benefícios no tratamento da Dor Lombar Crônica.

 

Como a pesquisa é realizada?

Para entendermos melhor a pesquisa conduzida pelo Dr. Edilson Machado, é importante, primeiramente, compreendermos como funciona o tratamento com o uso de Plasma Rico em Plaquetas (PRP). As plaquetas são componentes do sangue e possuem uma ação muito importante para o organismo. Elas atuam em eventuais lesões do corpo, estimulando a regeneração do local afetado, atraindo células mesenquimais responsáveis pela reconstrução dos tecidos danificados.

O conhecimento do poder de ação das plaquetas não é recente, inclusive, já estimulou estudos em diversas aplicações. Na ortopedia, por exemplo, o uso do PRP começou no tratamento de doenças articulares, como artrose de joelho e de quadril. O foco do atual projeto do Dr. Edilson Machado é, justamente, no tratamento de lesões na coluna, com a utilização dessa tecnologia, na medida em que o tratamento gera um estímulo suprafisiológico para a cicatrização ou regeneração de lesões.

No estudo, estão incluídos pacientes que sofrem de Dor Lombar Crônica, desencadeada por Artrose Facetária ou Doença Degenerativa do Disco Intervertebral. Segundo o Dr. Edilson Machado, “os efeitos na coluna são muito positivos em termos de alívio da dor e da diminuição do uso de analgésicos”. Ele salienta, no entanto, que não se trata de um tratamento milagroso, mas que melhora muito o quadro clínico do paciente e promove maior qualidade de vida. Os estudos são multicêntricos, ou seja, diversos centros de pesquisa estão envolvidos, com participantes do Rio Grande do Sul, de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Além da aplicação do Plasma Rico em Plaquetas nas áreas afetadas, o Dr. Edilson Machado diz que parte do protocolo de tratamento também visa a estimular o paciente para a realização de atividades físicas, para ter uma alimentação mais saudável, entre outros fatores que podem influenciar positivamente na saúde. 

Em fevereiro deste ano, o Dr. Edilson apresentou os resultados iniciais de sua pesquisa no V Congresso da Orthobiologics Foundation, entidade internacional que congrega pesquisadores e clínicos dessa área de atuação. Seu trabalho, inclusive, foi agraciado como Melhor Pesquisa Submetida.

 

Atuação do Dr. Edilson Machado

Dr. Edilson Machado graduou-se em 1995, pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e possui Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia, sendo especialista em Cirurgia de Coluna, com área de atuação em dor, no Serviço de Dor do Hospital Conceição, em Porto Alegre. Também é presidente da Sociedade Gaúcha para o Estudo da Dor (SOGED).

Mestre em Diagnóstico Genético e Molecular, com estudo sobre as Bases Genéticas da Degeneração do Disco Intervertebral que, inclusive,  foi apresentado em diversos congressos nacionais e internacionais, dentre eles o primeiro Fórum Internacional de Pesquisa sobre o Disco Intervertebral, em Kyoto, no Japão, em 2008, ganhando o prêmio de melhor trabalho científico no primeiro Congresso Brasileiro de Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna Vertebral, Dr. Edilson iniciou, em 2017, Doutorado em Medicina no Programa Doutoral da Universidade do Porto, Portugal.

Pesquisas como a do Dr. Edilson Machado são muito importantes para comprovar a eficácia e a segurança de tratamentos que visam à melhora da qualidade de vida de pacientes, sobretudo os que sofrem com Dor Lombar Crônica. Além de contar com um profissional com larga experiência e muita competência, o Blanc Hospital também está inserido como um dos centros primordiais para a realização desse estudo. 

Saiba mais sobre Ortopedia e Traumatologia, especialidades médicas do Blanc Hospital!