Escolha uma Página

O outono desencadeia diversas doenças alérgicas, como a rinite e a asma. A baixa umidade do ar, a chegada do frio e o clima propício para a proliferação de fungos, vírus e ácaros são fatores preponderantes para o desenvolvimento das alergias.

Segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI), aproximadamente 30% da população do Brasil sofre com reações alérgicas durante a estação. De acordo com a médica Cynthia Dullius, especialista em pneumologia, as trocas de temperatura, em geral, acabam causando crises de doenças alérgicas. As mudanças de estação, independentemente se de quente para frio ou vice-versa, podem ocasionar incômodos aos pacientes em virtude dessas patologias de base.

Quer saber como se prevenir? Neste artigo, nós, do Blanc Hospital, separamos 5 dicas para você se prevenir contra doenças alérgicas no outono. Confira! 

 

Evite lugares fechados 

A primeira dica, claro, é evitar lugares fechados ou com pouca ventilação. Isso porque, nesses ambientes, é mais fácil a proliferação de micro-organismos que favorecem o aparecimento das doenças alérgicas, além da transmissão de várias outras doenças. Por isso, prefira lugares abertos e com boa circulação de ar. 

A pneumologista Cynthia Dullius esclarece essa questão e traz mais detalhes: “Alergias, em sua maioria, envolvem predisposições genéticas, não podendo ser evitadas. Mas controlá-las é possível. O portador de rinite alérgica, por exemplo, deve evitar locais com poeira, carpetes, tapetes e cortinas. Já o asmático pode manter o acompanhamento com seu médico pneumologista e fazer o uso correto dos medicamentos. Além disso, é importante não fumar, tampouco ficar perto de quem fuma”, explica.

 

Não utilize o ar-condicionado durante o outono

Embora o ar-condicionado seja um grande aliado nos meses de calor intenso, ele pode ser um inimigo durante o outono. Esses equipamentos baixam as temperaturas dos ambientes, mas deixam o ar mais seco, o que contribui para a proliferação de ácaros e de outros agentes causadores de doenças alérgicas. 

 

Proteja-se dos ácaros

Não tem jeito: os ácaros são um dos principais inimigos quando o assunto é doenças alérgicas, como rinite, sinusite, bronquite, entre outras. Para evitá-los, é necessário manter o ambiente doméstico sempre limpo. A dica é não utilizar tapetes em excesso, trocar as roupas de cama com frequência, cuidar da limpeza de bichos de pelúcia e dos animais de estimação, evitar o uso de carpete, etc.

De acordo com a Dra. Cynthia Dullius, a partir do momento em que mantemos um ambiente limpo, sem pó, poeira ou fungo, diminuímos muito a chance de uma crise de doença alérgica. No entanto, é preciso ter cuidado: “Não adianta higienizar o ambiente sem luvas ou máscara e utilizar produtos de limpeza com odor forte, pois isso, por si só, poderá causar uma crise em pacientes suscetíveis”, revela a pneumologista.

 

Veja também: http://blanchospital.com.br/blog/como-manter-a-saude-em-dia-com-uma-alimentacao-saudavel-veja-5-dicas/

 

Faça atividades físicas 

A prática de exercícios físicos é muito importante para a prevenção de doenças alérgicas durante o outono, na medida em que fortalece o sistema imunológico, deixando o organismo mais preparado para combater os agentes causadores das alergias. 

A Dra. Dullius explica que a prática de atividade física é essencial tanto para a manutenção da saúde em relação às doenças alérgicas quanto para o bem-estar. “A prática de exercícios físicos faz bem para o corpo e para a alma. Quanto mais saudáveis estivermos, melhores vamos nos sentir. A ideia é essa, certo? Viver com a melhor qualidade de vida possível”.

 

Alimentação balanceada 

Uma alimentação equilibrada também é fundamental para manter a saúde em dia, o que reflete na proteção do corpo contra micro-organismos, como ácaros, fungos e bactérias. Por isso, mantenha uma dieta rica em frutas e verduras, a fim de assegurar um reforço das vitaminas C e D, garantindo uma otimização do sistema imunológico. 

Com todas essas dicas, você vai passar o outono de forma tranquila e segura, sem precisar se preocupar com as doenças alérgicas. Gostou das nossas recomendações? Acompanhe o blog do Blanc Hospital e fique por dentro de mais conteúdos sobre saúde, cirurgia plástica e qualidade de vida.