Escolha uma Página

Apesar de estarmos em 2019, a relação do homem com a cirurgia plástica ainda conta com um certo tabu. Contudo, é possível observar nos últimos anos uma queda significativa em relação ao preconceito na cirurgia plástica para homens.

Há um certo pensamento antiquado de que procedimentos estéticos são exclusivos para o público feminino, o que contribuiu para criar o tabu sobre o tema. Não à toa que muitos homens ainda chegam aos consultórios dos cirurgiões plásticos com dúvidas desse teor, tais como “essa cirurgia pode ser feita em homens também” ou então se “os homens estão fazendo tal cirurgia”. Esse pensamento de ser algo “para mulher” afastou, por muitos anos, os homens dos consultórios. O aumento da preocupação do público em geral em relação ao cuidado com o corpo, estética e aparência vem trazendo uma mudança de paradigmas para a cirurgia plástica.

Embora ainda haja hesitação por parte do público masculino, eles estão, sim, buscando aconselhamento de cirurgiões plásticos, a fim de entenderem melhor sobre todas as possibilidades dessa especialidade cirúrgica.

As gerações mais novas, principalmente, estão abandonando esse tabu e vindo até o consultório com mais tranquilidade. Segundo o Dr. Rodrigo Wobeto, cirurgião plástico, sócio e diretor do Blanc Hospital, é possível perceber uma mudança de geração. Homens jovens chegam ao consultório bastante decididos sobre a mudança de vida que estão prestes a fazer e, mesmo que de forma mais discreta e receosa, o público masculino mais velho também já ocupa parte significativa dos procedimentos de cirurgias plásticas. “Há uma tendência de mudar naturalmente [o comportamento em relação à cirurgia plástica masculina], com o passar do tempo, e já tem mudado nos últimos anos., comenta.

Sobre os procedimentos que mais atraem o público quando o assunto é cirurgia plástica para homens, Wobeto aponta:

“O procedimento mais procurado pelo público masculino, sem dúvidas, é a cirurgia de nariz e a cirurgia de pálpebras. A cirurgia facial, em geral, é a mais feita em homens: cirurgia de pálpebras (blefaroplastia), cirurgia nasal (rinoplastia), cirurgia de orelha, cirurgia de rejuvenescimento facial; E, na segunda colocação, viria a cirurgia de contorno corporal, lipoaspiração e ginecomastia.”

Uma das cirurgias que mais levanta tabus e questionamentos ainda é a lipoaspiração, mas, segundo Wobeto, isso está mudando:

“A gente nota que, nos últimos dez anos, houve uma queda no preconceito com essa cirurgia, e os homens a procuram mais. As pessoas estão se preocupando mais com a estética, mais com a aparência, e o homem tem perdido um pouco esse preconceito.”

Cirurgia plástica: aumento de qualidade de vida e bem-estar

A cirurgia plástica nada mais é do que a busca por se sentir melhor consigo mesmo. Por isso, os homens vêm buscando essa opção para melhorar sua autoestima.

Com o aumento da expectativa de vida e uma maior oferta de cuidados consigo mesmo, as pessoas tendem a aumentar o cuidado com sua saúde e estética. No caso do homem, há uma busca grande pela cirurgia plástica devido ao mercado de trabalho. Ainda somos julgados pela aparência e pelas marcas da idade. Assim, um homem que tem um aspecto mais “envelhecido” se sente prejudicado em relação a alguém mais jovem, o que gera o temor de ficar para trás profissionalmente. Mas não se resume em aparência, melhorar aspectos estéticos que não fazem a pessoa feliz gera melhoras na autoestima e na confiança.

“Uma das coisas mais gratificantes da profissão é a gente ver, no pós-operatório, a mudança que a pessoa tem. A autoestima traz consigo outras coisas. Quando melhora a autoestima, a pessoa se sente mais confiante, e quando a pessoa se sente mais confiante e dona de si, ela geralmente tem uma tendência de encarar as coisas de uma forma diferente — mais positiva.”

Tanto profissionalmente quanto na vida pessoal, a repercussão do aumento na confiança após a cirurgia gera reflexos significativos na qualidade de vida. O homem se sente melhor consigo mesmo. Há mudança de postura e até a forma de caminhar se torna mais confiante, aponta Wobeto.

O importante nesse tema é que a pauta vire discussão para que consigamos acabar com o tabu. A cirurgia plástica para homens — e para mulheres — pode trazer inúmeros benefícios à saúde de quem realiza o procedimento, porém deve ter realizada com o acompanhamento de um cirurgião plástico que você confie, após muitas conversas e esclarecimentos.

Se você, homem, está decidido a realizar sua cirurgia plástica, conheça o Blanc Hospital, hospital cirúrgico do Rio Grande do Sul.

Quer ler mais sobre o tema? Confira o post “Editorial: cirurgias plásticas para homens” no blog do Dr. Rodrigo Wobeto.