Escolha uma Página

Assim como o Outubro Rosa, o Setembro Amarelo e o Novembro Azul, o mês de março também tem uma campanha voltada à saúde. O Março Azul-Marinho é uma ação para conscientizar a população brasileira sobre os perigos do câncer colorretal e a importância da prevenção da doença. 

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer colorretal atinge anualmente mais de 35 mil pessoas no Brasil. A estimativa para 2020 foi de mais 40 mil novos casos, incluindo homens e mulheres. 

Neste post, nós, do Blanc Hospital, vamos lhe trazer informações importantes sobre o câncer colorretal e sobre como preveni-lo, aumentando as chances de cura da doença. Confira! 

 

Câncer colorretal 

O câncer colorretal corresponde aos tumores malignos que acometem o sistema digestivo: o intestino grosso e o reto. É um tipo de câncer que apresenta chances de cura muito elevadas em casos de diagnóstico precoce. Ou seja, é muito importante que a investigação e o diagnóstico sejam feitos na fase inicial da doença. Segundo a Dra. Laura Moschetti, especialista em coloproctologia, o mais importante é saber que o câncer colorretal pode ser prevenido através de hábitos de vida saudáveis e da realização do exame de colonoscopia. 

 

Fatores de risco 

Existem alguns fatores que aumentam o risco de desenvolver o câncer colorretal. A história familiar de câncer colorretal e de pólipos é um dos principais fatores de risco para o câncer colorretal. Existem outras doenças genéticas e intestinais que também são fatores de risco, mas essas são condições mais raras na população. Portanto, diante de qualquer um desses achados, a vigilância deve ser maior.

De acordo com a Dra. Laura Moschetti, além dos aspectos ligados à genética, existem também condições relacionadas ao estilo de vida do paciente. Uma rotina de vida envolvendo hábitos saudáveis pode diminuir as chances de desenvolver esse tipo de câncer. 

“A obesidade, o cigarro, o consumo de bebidas alcoólicas, o sedentarismo, bem como uma dieta pobre em fibras e rica em alimentos gordurosos estão associados com o aumento da chance de desenvolver câncer colorretal. Evite esses hábitos e cuide de sua saúde!”, reforça a especialista.

 

Principais sintomas

Março Azul-Marinho é tão importante. Ela serve de alerta para o diagnóstico precoce da doença e, também, para os métodos de prevenção.

A Dra. Laura Moschetti destaca que a prevenção é a principal ferramenta de combate ao câncer colorretal, e o exame de colonoscopia é o melhor método disponível para isso. As principais orientações para a prevenção do câncer colorretal são: 

  • Procurar um coloproctologista e fazer exames regulares de prevenção a partir dos 45 anos de idade.
  • Se você tem histórico familiar de câncer colorretal, converse com o seu médico sobre a necessidade de antecipar os exames de prevenção.
  • Tenha uma alimentação rica em frutas, vegetais, cereais, alimentos integrais e cálcio.
  • Evite consumir alimentos ricos em gordura.
  • Evite o consumo de bebida alcoólica. 
  • Se você é tabagista, pense seriamente em abandonar esse hábito e procure um médico para ajudar você nesse processo.
  • Pratique exercícios físicos regularmente: 20 minutos ou mais, de 3 a 4 vezes por semana.

A campanha Março Azul-Marinho é fundamental para lembrar e conscientizar as pessoas sobre a importância de manter hábitos de vida saudáveis e de realizar acompanhamento médico regular para os exames de prevenção.

O Blanc Hospital apoia a campanha Março Azul-Marinho. A prevenção é o melhor caminho, e o diagnóstico precoce aumenta bastante as chances de recuperação da doença. 

Quer saber mais? Acompanhe o blog do Blanc Hospital e fique por dentro de mais conteúdos sobre saúde, cirurgia plástica e bem-estar!