Escolha uma Página

Em 2019, nós, do Blanc Hospital, conquistamos uma de nossas metas com a idealização do nosso Centro de Materiais e Esterilização, o CME, que se tornou um dos setores mais importantes do hospital. Para trazer a você os detalhes do seu funcionamento, conversamos com a responsável pelo setor, a enfermeira Priscylla Souza Sauer, que assumiu a coordenação do CME em junho deste ano. Confira!

Antes de mais nada, cabe conceituar do que se trata o CME. O Centro de Materiais e Esterilização, como o próprio nome já diz, é o local onde se concentra toda a limpeza, organização e inspeção do instrumental que será utilizado no hospital.

O centro funciona como uma espécie de “linha de produção” — quase como uma fábrica —, com processos muito bem alinhados. Após ter sido usado em cirurgia, o instrumental vem do centro cirúrgico para o CME e é então depositado em máquinas específicas para serem lavados. Feito isso, o material é separado, inspecionado e organizado para ser encaminhado às máquinas de esterilização.

Em suma, todo o material que é usado no centro cirúrgico do Blanc é enviado ao CME, processado e despachado, esterilizado e pronto para ser utilizado novamente no bloco cirúrgico. Este fato torna o CME uma peça imprescindível na engrenagem do hospital, visto que sem o retorno do material e instrumental para as salas cirúrgicas, o bloco pode parar.

“É necessário que se tenha sempre uma logística aqui dentro para impedir o bloco cirúrgico de parar. Então, eu diria que o CME é o coração do hospital, o que bombeia o sangue para o resto do corpo. Nós que bombeamos, que levamos o material para o bloco cirúrgico conseguir funcionar.”

Conquistar o nosso próprio Centro de Materiais e Esterilização é uma vitória para nós não somente pelos motivos previamente citados, mas também pelo fato de termos um CME centralizado — o que significa que todo o material do hospital passa pelo setor e somente pelo setor.

Nesse sentido, surge um ponto fundamental da existência de um CME dentro do hospital: não comprometemos nossa agenda cirúrgica. Anteriormente, quem realizava essa demanda era uma empresa terceirizada, o que é uma prática muito comum e adotada por diversos hospitais do estado e do país. Porém, embora satisfatória até certo ponto, não nos garantia a segurança que alcançamos com o CME próprio. Atualmente, temos o total controle dos materiais cirúrgicos com base na escala de cirurgias e também dos pedidos do nosso corpo clínico. Priscylla comenta que há situações nas quais os médicos solicitam instrumentação para o mesmo dia — se dependêssemos de uma empresa terceirizada, teríamos de esperar entre 24 e 48 horas para o seu retorno: “aqui, em algumas horas, conseguimos entregar o material pronto e esterilizado para o médico”.

Nascido da proposta de um CME totalmente unificado ao bloco cirúrgico, este é um grande diferencial que temos em relação às demais instituições de saúde. Cada um de nossos profissionais trabalha para garantir a integridade dos materiais e processos, garantindo a segurança de todos os envolvidos:

“Comunicação em tempo real com o bloco cirúrgico sobre os materiais necessários para as cirurgias e também sempre acatando, em tempo real, as sugestões dos médicos. Essa aproximação e essa proximidade com o bloco cirúrgico e com os médicos é um diferencial que nós estamos procurando aqui no CME do Blanc.”

E já que falamos na garantia de que o material estará pronto no tempo certo, não podemos deixar de mencionar o quesito fundamental do CME: a certeza de que o nosso paciente terá uma cirurgia segura. Com o nosso Centro de Materiais e Esterilização, temos um controle rigoroso da qualidade da esterilização, a partir de indicadores químicos, biológicos, de limpeza e sujidade.

“Aqui, nós podemos ter a certeza de que estamos entregando um material íntegro para o bloco cirúrgico. Há um controle rigoroso de qualidade para se certificar que o material vai estar totalmente estéril para que tenhamos uma taxa de infecção zero no hospital. Essa garantia que entregamos com indicadores específicos é muito importante e é um diferencial do nosso CME.”

centro-de-materiais-e-esterilizacao-blanc-02

Investimos na construção de um Centro de Materiais e Esterilização com equipamentos de última geração e insumos de alta qualidade de limpeza e esterilização de instrumental cirúrgico. Em nosso CME, trabalhamos diariamente para que todo o manuseio e processo do material seja feito da forma mais correta possível, acarretando em cirurgias seguras para cada um dos pacientes que utiliza os serviços do nosso hospital. 

Conheça o Blanc, o primeiro hospital especializado em cirurgia do Sul do Brasil.